• Felipe Oliveira

Bate papo com Dr. José Flávio Guimarães - Parte 1

Dr. José Flávio é médico de saúde ocupacional, geriatra e gerontólogo, além de professor no Centro Universitário IMEPAC.


Batemos um papo muito legal com ele sobre vários temas da saúde, com foco especial em quedas, público 60+, tecnologia na saúde e o importante papel da prevenção.


Abaixo você pode checar os principais temas discutidos, bem como o vídeo da primeira parte da conversa.



Problema das quedas entre idosos


Segundo o médico, as quedas entre o público com mais de 60 anos é um problema muito grave:

"O problema das quedas no público acima de 60 anos é muito impactante, porque aumenta demais a perda de funcionalidade e mobilidade, aumenta a dependência de cuidados de terceiros e até mesmo perda de autonomia. Os pacientes que caem têm maior risco de comorbidades como fraturas de quadril e de fêmur e traumatismo cranioencefálico."

Ele ainda conclui que "as consequências disso são um maior tempo de hospitalização, maior tempo para retornar ao nível pré-lesão e, até mesmo, a institucionalização".


Um ponto importante de uma queda é o impacto que ela tem na família da pessoa. O Dr. José Flávio afirma que as famílias estão cada vez menores atualmente e uma queda séria demanda muito esforço, tempo e dinheiro para o cuidado. O problema, contudo, é que muitas famílias não tem esses recursos para oferecer um cuidado de qualidade, fato que se agravou com a pandemia.



Prevenção é o melhor caminho para evitar quedas

"A prevenção é o melhor investimento que podemos fazer em qualquer etapa do cuidado integral da saúde e especificamente em relação às quedas. Nós, médicos, precisamos entender e acompanhar as mudanças no padrão de equilíbrio e marcha dos nossos pacientes e, para isso, precisamos ter ferramentas que façam o rastreio clínico, pautadas em levantamentos epidemiológicos bem embasados, para aplicação nos pacientes, principalmente os caidores"


Tecnologia e gestão de dados como aliadas das operadoras na prevenção das quedas


Considerando o impacto que as despesas de saúde da população idosa tem e terão para operadoras e planos de saúde, o Dr. José Flávio afirma que tecnologia de predição de risco de queda e sistemas de gestão de dados populacionais terão um impacto enorme para essas empresas.

"Passaremos de um status de espectadores, de tratamento de sintomáticos e de reabilitação, o que aumenta demais a sinistralidade de um plano de saúde, para um modelo focado no paciente, que oferecerá passo a passo um acompanhamento não somente de sua evolução clínica mas também de sua recuperação. [...] estamos falando de ferramentas de extrema utilidade, não somente para o médico, mas para toda a cadeia do cuidado dos planos de saúde."

Ele ainda pontua que ferramentas e sistemas de predição e prevenção de quedas podem até impactar o padrão atual de remuneração dos procedimentos, possibilitando a criação de novos modelos.



Tecnologia e gestão de dados como aliadas de clínicas e médicos


Não são somente as operadoras e planos de saúde que tendem a se beneficiar da tecnologia e gestão de dados. Os médicos e clínicas também, inclusive para estreitar e melhorar a relação com os pacientes:

"(A tecnologia) auxilia o processo decisório para que o médico ofereça um melhor atendimento, propondo planos terapêuticos individuais adequados às necessidades dos pacientes. Isso significa um diferencial importante no seu atendimento, de forma a manter um relacionamento mais produtivo, mais afetivo, entre você e o seu paciente. [...] Quando você utiliza ferramentas tecnológicas que integram rastreio clínico com resultados de exames fisicos de performance motora você terá um horizonte ampliado da condição do seu paciente, e isso te permitirá ter um poder decisório com melhor acurácia para melhoria da qualidade de vida dele."

Confira abaixo o vídeo completo da primeira parte da conversa com o Dr. José Flávio Guimarães:




Na TechBalance, desenvolvemos soluções de predição e prevenção de quedas para planos e operadoras de saúde, laboratórios, clínicas e médicos. Confira como sua empresa pode utilizar nossas soluções para diminuir e prevenir quedas e lesões em https://www.techbalance.com.br/tiposdeuso