top of page
  • TechBalance

TechBalance ajuda planos de saúde a reduzirem custos, é indicada a prêmio e caminha para a internacionalização

Atualizado: 24 de abr.

Startup de fisioterapia tem milhares de pessoas ativas em sua plataforma cuidando da saúde de forma preventiva




Uma Startup de fisioterapia que tem ajudado os planos de saúde a reduzir custos e que atende mais de 30 mil pessoas em sua plataforma com um novo jeito de cuidar da saúde de forma preventiva. Essa é a TechBalance, é indicada a prêmio e caminhando para sua internacionalização.



“O nosso projeto aprovado basicamente consiste em apoio financeiro para estruturação, validação do modelo de negócio para Europa”, diz Fabiana

Com quase 5 anos de fundação, a TechBalance é uma startup focada em avaliar a saúde motora e física dos indivíduos para prever possíveis riscos de quedas e lesões e assim evitar incidentes. Esse seu diferencial levou a startup à final do Prêmio à Inovação Social da Fundación MAPFRE na categoria de Melhoria da Saúde e Tecnologia Digital (e-Health).


A Fundación MAPFRE é dedicada a apoiar iniciativas de impacto social e em sua 7ª edição do Prêmio à Inovação Social, em parceria com a IE University, oferece um aporte de 40 mil euros em três categorias distintas aos finalistas. Nesta edição, foram apresentados 379 projetos, dos quais 12 avançarão para a grande final – que acontece em 23 de maio, na Espanha – entre eles a TechBalance.




Nós já estamos numa fase adiantada desse processo”, diz Fabiana sobre expansão para a Europa

Com o reconhecimento, a fundadora da TechBalance, Fabiana Almeida, conta que a startup vive um novo momento, visando a sua internacionalização. “Em 2023, a gente fez um ajuste jurídico e técnico-científico para iniciar um trial clínico em parceria com as irmãs hospitaleiras de Lisboa, Portugal. Agora, em 2024, a gente começou as atividades e a gente tem 300 vidas nesse estudo técnico-científico”, conta. “Nós já estamos numa fase adiantada desse processo, a gente já fez todas as avaliações, agora está já definindo os grupos de intervenção e os protocolos de intervenção, e o plano é começar já a aplicar o plano de intervenção em maio”, acrescenta.















“O plano é começar já a aplicar o plano de intervenção em maio”, revela Fabiana sobre a atuação internacional

No estudo, a Tech Balance conta com um parceiro com diversas unidades de franquias em Portugal, que avalia a inclusão da startup brasileira colocar como produto de sua linha de serviços, que inclui teleconsulta, médico, enfermeiro em casa, marido de aluguel entre outros. “Para expansão para essa parte de promoção de saúde a gente tem um acordo de intenção. Ainda é uma intenção em processo de validação, deles serem o nosso canal de distribuição na Europa. E, com eles, a gente vai fazer toda a parte de estudo de mercado, estruturação comercial e de mercado, propriamente dita”, detalha Fabiana.


Nesta nova fase da startup, Fabiana conta que revela que uma das dificuldades é o investimento, principalmente por conta do câmbio e nesse momento a Tech Balance investe através de sua excelência no serviço oferecido. “O investimento em serviços, não é em dinheiro, é em serviços para a estruturação dessa implantação na Europa da Tech Balance”, diz. Além disso, a startup obteve recursos de uma aceleração para gerir esse projeto através do EU-LAC da Espanha, com 30.000 euros de subsídio em serviços para estruturação da atividade.


“O nosso projeto aprovado basicamente consiste em apoio financeiro para estruturação, validação do modelo de negócio para Europa, dimensionamento do mercado potencial em Portugal e Europa, estruturação comercial apoio científica e análise dos resultados, marketing, definição de clientes e matchmaking comercial com potenciais clientes”, explica Fabiana Almeida sobre os planos em desenvolvimento na Europa.


Comments


bottom of page