Prevenção, Tecnologia e Autonomia em Saúde

30/11/2020

A Prevenção é uma das opções de abordagem utilizadas por profissionais da saúde para evitar a incidência e a prevalência de doenças. Um exemplo atual dessas medidas é o uso obrigatório de máscaras e campanhas de conscientização sobre a importância da higienização adequada das mãos para prevenção de contágio pela Covid-19, assim como a corrida para produção de uma vacina efetiva.

A grande premissa e ao mesmo tempo grande desafio desta abordagem é a necessidade de uma intervenção que considere a saúde, a função, a expectativa de vida e os objetivos dos cuidados de forma individual, moldados pelo contexto social, reduzindo a subjetividade das informações. Essa dificuldade de quantificação impede a Saúde Preventiva de alcançar melhores resultados e dificulta estimar como ações individuais impactam na transformação de dados populacionais e na implementação de uma saúde mais igualitária.

Aproveitando essa lacuna de integração da informação, à medida que a tecnologia vem se tornando cada vez mais ajustada à vida diária, softwares e aplicativos de celular ou wearables vem suprindo essa necessidade de quantificação individual de dados em saúde, promovendo dados de saúde gerados pelo paciente, com potencial para se tornarem incentivo para a mudança individual de comportamento e contribuindo para a alfabetização em saúde populacional.

Na prática, esses recursos podem render mais autonomia no cuidado da saúde, onde por exemplo os adeptos a tecnologia já aproveitam de aplicativos de corrida, para monitoramento glicêmico, monitoramento de sinais vitais, entre muitos outros. Neste contexto, as avaliações da TechBalance permitem compreender o comportamento do equilíbrio, risco de queda e lesões, oferecendo relatório educativo personalizado e relatório clínico com proposta de plano de tratamento para suporte à decisão e acompanhamento da evolução do risco a cada nova avaliação, o que oferece a liberdade de uma escolha do exercício físico com segurança e a possibilidade de alteração dos fatores que podem contribuir para desequilíbrios e lesões. Ficou com alguma dúvida? Entre em contato pelo e-mail: [email protected]


Referências:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC6452935/#ref43

https://www.geriatric.theclinics.com/action/showPdf?pii=S0749-0690%2817%2930093-9

https://journals.sagepub.com/doi/10.1177/1403494817743899?url_ver=Z39.88-2003&rfr_id=ori:rid:crossref.org&rfr_dat=cr_pub%20%200pubmed